quinta-feira, 22 de março de 2012

Cultura da Baixada Santista será celebrada entre 27 de março e 7 de abril



Foto: Ronaldo Kotscho
Programação do CulturalMente Santista, que comemora os três anos do site CineZen, reunirá mais de 30 nomes relevantes da cultura na região, entre artistas, produtores culturais e jornalistas; eventos terão cunho beneficente, sorteios de brindes e, em alguns casos, apresentações artísticas

O site CineZen (www.cinezen.net) completará três anos de existência em 29 de março. Para celebrar a data e a criação de seu “irmão mais novo”, o site CulturalMente Santista (www.santoscultural.net), foi programada uma série encontros, entre 27 de março e 7 de abril, que reunirá mais de trinta nomes relevantes da cultura na Baixada Santista, entre artistas, produtores culturais e jornalistas do setor. Trata-se da primeira edição do CulturalMente Santista, projeto idealizado pelo jornalista André Azenha com o objetivo de divulgar e abrir espaço para esses profissionais exporem suas opiniões e projetos.

Serão nove bate-papos, que abordarão os seguintes temas: cinema, teatro, produção cultural, artes plásticas, design + ilustração, criação literária, música, e tendências do mercado editorial. Seis deles serão beneficentes, em prol da Casa Vó Benedita. E alguns contarão, também, com apresentações artísticas. Paralelamente aos encontros, acontecerá a exposição “Variantes Fotográficas”, de Rafael Ponzio, cuja abertura acontecerá dia 27, terça, 22h10, no Almanaque, após o bate-papo sobre cinema, no Sesc, que inicia às 20h. O lançamento da mostra fotográfica terá apresentação musical de Zerobeto Freire, com temas de filmes clássicos. As fotos ficarão expostas, além do Almanaque, na Millor Revistaria e Cybercafé, até o fim da programação.

Durante os bate-papos, serão feitos sorteios, de ingressos de cinema, vales de locação, quitutes do Reino Branco Atelier do Açúcar, e livros.

“Ano passado, celebramos o segundo aniversário do site com um bate-papo sobre cinema. Depois, mais encontros, de outros setores culturais, aconteceram. Esses eventos tiveram um saldo positivo, tanto para o público, como para os artistas envolvidos. E, para este ano, decidimos reunir esses encontros no aniversário do site”, explica André Azenha. “O objetivo é contribuir para que esses artistas, produtores e jornalistas possam emitir suas opiniões, divulgar seus projetos, diferentes modos de criação. Não se trata necessariamente de discutir uma cultura caiçara, mas sim de ouvi-los e saber, ainda, visões sobre suas respectivas áreas culturais em âmbito nacional, global”, diz o editor do CineZen.

Diferente dos eventos anteriores do CineZen, nem todos os bate-papos serão mediados por André Azenha. “Certos temas exigem maior expertise. Como a literatura, cujos dois debates serão mediados por Marcelo Rayel, colaborador do site e especialista na área”, diz o jornalista.

"O CulturalMente Santista veio preencher uma lacuna em nossa região,
para quem curte cultura, bom gosto e informação”, afirmam o casal de escritores Cláudia Brino e Vieira Vivo, responsáveis pela revista Cabeça Ativa e a Edições Costelas Felinas. Vieira Vivo participará sobre o bate-papo “Tendências do Mercado Editorial”, 7 de abril, na Ao Café.

"É uma iniciativa muito bacana essa do André. É disso que a cidade precisa, gente que faz muito e fala pouco. Não lembro de ter já havido um evento como esse em Santos. Recebi o convite para participar do debate sobre Produção Cultural com muita alegria. Espero que os debates contribuam para a difusão dos trabalhos dos produtores culturais, já que os meios de comunicação deixam muito a desejar. E que a população prestigie, porque que sem ela nada acontece", explica Eugênio Martins Júnior, diretor da Mannish Boy e Produções Artísticas e jornalista, que participará do encontro sobre produção em 29 de março, no Sesc.

“Eu, como produtor cultural ligado à literatura, acho que tem que se pensar sobre as atividades culturais em todos os segmentos. E o CulturalMente Santista dá forma a esse pensar através dos encontros de vários segmentos culturais. É quando os bastidores viram atração”, explica José Luiz Tahan, livreiro, diretor da Realejo Livros, da Realejo Edições e criador da Tarrafa Literária. Tahan também estará no evento sobre tendências do mercado editorial.

"O CulturalMente Santista preenche uma lacuna na Região e promove algo fundamental nessa épocas de lamurias virtuais, que é o encontro e debate ao vivo, olho no olho, com pessoas interessantes e interessadas em discutir, dialogar, pulsar, criar e promover cultura, que no fim de tudo, é o que nos salvará!", considera Junior Brassalotti, diretor de produção do Curta Santos, que estará no debate sobre cinema, dia 27 de março, no Sesc.

"O CulturalMente Santista é um dos poucos veículos que praticam na Baixada a valorização dos artistas dentro das telas e fora delas a partir de encontros e bate-papos. Esses diálogos são um bom jeito de fazer valer a tão sonhada rede cultural na Região”, emenda Lincoln Spada, editor do site O Palco Santista e parceiro do CineZen.

“O CulturalMente Santista vai reunir artistas, produtores e publico para discutir, pensar e difundir cultura na região. Esses encontros serão uma grande oportunidade para fazermos um balanço do que tem sido feito na Região”, descreve Luiz Fernando Almeida, da Superbacana Produções. Ele estará no evento sobre produção cultural, dia 29, no Sesc.

"É sempre enriquecedor o contato entre artistas e público, que o CulturalMente Santista vai nos proporcionar. No caso da Literatura, importa muito ao autor saber das expectativas do leitor, o que acha de suas obras e quais os seus questionamentos. Essa aproximação, num clima descontraído como o que o evento oferece, é tudo o que desejamos", detalha a escritora Madô Martins, com dez livros publicados, cronista do jornal A Tribuna, colaboradora do CineZen e do MídiAtiva. Ela estará na mesa “Criação Literária”, 5 de abril, na Millor.

“O evento CulturalMente Santista tira dos bastidores os artistas da cidade. Atores, artesãos, cineastas, críticos, escritores em prosa e verso, editores, músicos, pintores mostram a cara, ou melhor, trazem sua arte para todos. CulturalMente Santista mostra o panorama cultural da cidade: põe o artista em cena”, celebra Regina Alonso, escritora com diversos prêmios e livros publicados, que também marcará presença no evento Criação Literária.

“Pela primeira vez em Santos teremos uma muito aguardada e oportuna mini-maratona cultural, promovida pelo Culturamente Santista, de André Azenha. Nossa cidade e região poderão participar de vários encontros sobre as diversas manifestações das artes, com nomes expressivos da Baixada, trazendo suas visões do panorama cultural na região. Cinema, teatro, música, literatura e artes plásticas serão reverenciados nas noites santistas. É uma honra e um imenso prazer fazer parte desses formidáveis encontros, num dos quais serei anfitrião na Open House Idiomas. Sejam bem vindos!”, comemora o artista plástico Waldemar Lopes, cuja mesa será artes plásticas, dia 30.

Os profissionais que farão parte das mesas são formadores de opinião e pessoas que atuam de forma preponderante no ramo. Os eventos acontecerão em espaços que contribuem para a cultura. “É preciso ressaltar que todos os envolvidos, entre debatedores e espaços onde ocorrerão os eventos, aceitaram participar do projeto de bom grado, comprovando o envolvimento e o comprometimento de todos com a disseminação cultural”, conclui Azenha.

Abaixo, a programação completa

27/03 (terça), 20h – dois eventos
- Produção e espaços de cinema
Local: Auditório do Sesc – Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Debatedores:
- Junior Brassalotti: diretor de produção do Curta Santos, ator
- Nívio Mota: coordenador do Museu da Imagem e do Som de Santos e do Cine Arte
- Silvio Luiz: responsável pela área de audiovisual do Sesc Santos
- Thalita Afonso: produtora do Instituto Querô
Mediação: André Azenha
Gratuito
* Haverá exibição de curta-metragem antes do bate-papo

27/03, (terça), 22h10

- Lançamento da exposição fotográfica “Variantes Fotográficas”, de Rafael Ponzio, no Almanaque (Av. Bartolomeu de Gusmão, 88, perto do Sesc, em frente ao Posto 6).
* Haverá apresentação musical de Zerobeto Freire, com temas de filmes clássicos. As fotos serão divididas entre o Almanaque e a Millor, e ficarão expostas até 7 de abril.

---------

28/03 (quarta), 20h
- Produção e criação teatral
Local: Café Teatro Rolidei - Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, 3º piso do Teatro Municipal, Vila Mathias
Debatedores:
- Claudia Alonso: coordenadora do grupo Orgone, atriz
- Miriam Vieira: atriz, diretora de teatro, em cartaz com a peça “Reclame”
- Márcio de Souza, diretor do teatro Guarany, professor, ator, produtor
Mediação: André Azenha
Gratuito, mas quem quiser pode doar uma camiseta branca em prol da Associação Projeto TAMTAM

----------

29/03 (quinta), 20h
- Produção cultural
Local: Auditório do Sesc - Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Debatedores:
- Eugênio Martins Jr.: Dirige uma empresa de produção cultural, criador do projeto Jazz, Bozza e Blues, jornalista, assina o Mannish Blog
- Luiz Fernando Almeida: Ator, produtor, dirige a Superbacana Produções
- Toninho Campos: diretor do Cine Roxy, realizou os primeiros grandes shows de rock nacional em Santos
Gratuito

----------


30/03 (sexta), 20h
- Artes plásticas
Local: Open House Idiomas – Rua Minas Gerais, 85, Boqueirão, entre a Rua da Paz e o Canal 3
Debatedores:
- Waldemar Lopes: pintor, já expôs em locais como Beneficência Portuguesa, Parque Balneário, entre outros
- Ana Akaui, pintora, da Oficina 44
- Chico Melo: escultor, da Oficina 44
Mediação: André Azenha
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita
* Haverá exposição de trabalhos desses artistas.

----------

31/03 (sábado), 17h – dois eventos
- Jornalismo e crítica cultural
Local: Livraria Realejo (andar superior) – Rua Marechal Deodoro, 2, Gonzaga
Debatedores:
- Chico Marques: Professor, comentarista musical do Jornal da Orla, assina o blog Alto e Claro
- Gustavo Klein: jornalista, editor do caderno Galeria, do Jornal A Tribuna
- Ricardo Prado: Jornalista, assina o Cineblog da Tribuna e edita o Cinecartógrafo
Mediação: Marco Santana: jornalista, editor do Jornal da Orla
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita.

31/03 (sábado), 19h15, também na Realejo (térreo)
- Lançamento da Revista Literária Mirante 76, mais antiga publicação literária independente do país, editada por Valdir Alvarenga e Sidney Sanctus
Gratuito

* Haverá Jazz, bossa e MPB ao vivo com Edinho Godoy e Theo Cancello, a partir das 18h30, na calçada em frente a livraria

----------

03/04 (terça), 19h30
- Design, ilustração e Infografia
Local: Cineclube Lanterna Mágica – Rua Cesário Mota, 8, 5º andar, Bloco E, Unisanta
Debatedores:
- Márcia Okida: Coordenadora e idealizadora do Curso de Graduação de Produção Multimídia da Unisanta
- Alexandre Bar: Professor, desenhista
- André Reis: Professor
Mediação: André Azenha
Gratuito

----------

05/04 (quinta), 20h
- Criação literária
Local: Millor Revistaria e Cybercafé – Rua Marechal Deodoro, 7, Gonzaga
Debatedores:
- Ademir Demarchi: Escritor, editor, criador do selo Sereia Ca(n)tadora e da revista Babel
- Madô Martins: Jornalista, escritora, publicou dez livros, cronista de A Tribuna
- Regina Alonso: Escritora com vários livros publicados e prêmios conquistados, coordena os grupos Outras Palavras, Café com Letras
Mediação: Marcelo Rayel: escritor, colunista do CineZen
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita

----------

06/04 (sexta), 20h
- Criação e espaços na música
Local: Almanaque (novo endereço, na rua Euclides da Cunha, 97, Gonzaga)
Debatedores:
- Julinho Bittencourt: músico, cantor, compositor, jornalista, fundador do Torto MPBar
- Wagner Parra: Produtor, DJ, dirige a Disqueria
Mediação: André Azenha
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita
* Haverá apresentação musical de Julinho Bittencourt após o bate-papo

----------

07/04 (sábado), 20h
- Tendências do mercado editorial
Local: Ao Café – Av. Siqueira Campos, 462, Boqueirão, esquina do canal 4 com a rua Lobo Viana
Debatedores:
- José Luiz Tahan: Livreiro, editor, criador e direto da Realejo Livros, da Realejo Edições e da Tarrafa Literária, cronista
- Valdir Alvarenga: Escritor, editor da revista literária Mirante
- Vieira Vivo: escritor, editor da revista Cabeça Ativa e da Edições Costelas Felinas
Mediação: Marcelo Rayel
Entrada: Um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita

----------

Nenhum comentário:

Postar um comentário